Fernando, o proprietário da empresa, após visitar a Disney World em 2009, através de um estudo cuidadoso e detalhado sobre parques e atrações na cidade, teve uma experiência de diversão com quase 100% de aproveitamento. Ciente dessa sua fantástica primeira aventura, conversando com conhecidos e amigos, descobriu que eles e outros muitos não obtiveram nem mesmo 50% do real e possível aproveitamento. Inclusive alguns adolescentes afirmaram não terem gostado da Disney World quando foram com agências, sozinhos ou com familiares.

Questionando os motivos, Fernando fez um estudo para detectar as técnicas de aproveitamento e descobriu quais são os fatores determinantes de uma boa ou má experiência. Para garantir que: ninguém mais irá à Disney Word sem o preparo necessário e o aproveitamento máximo, criou-se o Mister Disney.